Clima e Tempo

Mortes por chuvas em Santa Catarina chegam em 15 e seis seguem desaparecidos

O presidente Jair Bolsonaro fez um sobrevoo de helicóptero pelas regiões afetadas e prometeu ajuda do governo federal

Reuters
Reuters
Mortes por chuvas em Santa Catarina chegam em 15 e seis seguem desaparecidos
(Divulgação/ Bombeiros Santa Catarina)

19 de dezembro de 2020 - 14:48 - Atualizado em 19 de dezembro de 2020 - 15:52

(Reuters) – O número de mortes provocadas pelas fortes chuvas que atingiram Santa Catarina na quinta-feira (17) subiu para 15, informou a Defesa Civil do Estado neste sábado (19), quando o presidente Jair Bolsonaro fez um sobrevoo de helicóptero pelas regiões afetadas e prometeu ajuda do governo federal.

Além das mortes confirmadas, equipes de resgate continuam em busca de seis desaparecidos desde as enxurradas registradas na região do Alto Vale. Quase 500 pessoas ficaram desabrigadas ou desalojadas, segundo nota oficial da Defesa Civil.

Bolsonaro, que viajou para Santa Catarina neste sábado para passar dias de descanso em uma base militar no Estado, sobrevoou pela manhã a região afetada pelas chuvas acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O presidente afirmou, em postagem no Twitter acompanhada de foto do sobrevoo, que o Ministério do Desenvolvimento Regional “está oferecendo todo o apoio no atendimento às vítimas e na elaboração dos planos de trabalho para mitigação dos danos”.

Segundo a Defesa Civil catarinense, tropas do Exército irão atuar na desobstrução e limpeza de vias para a retomada da normalidade nas cidades afetadas.

A Defesa Civil também emitiu aviso de tempestades válido até a madrugada de domingo.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.