Bichos

Como saber se a sua gatinha está grávida?

Pauline
Pauline Machado / Canal de Estimação @paulinemachadooficial
Como saber se a sua gatinha está grávida?

17 de setembro de 2021 - 00:08 - Atualizado em 17 de novembro de 2021 - 11:15

 Como saber se a gata tá grávida é muito importante para aqueles tutores que têm animais não castrados em casa. As fêmeas prenhas precisam de cuidados especiais para que fiquem saudáveis, assim como os seus filhotes.

No entanto, saber se a gata está grávida pode ser um pouco difícil, já que algumas vezes as características físicas dificultam a identificação. Porém, vamos ajudar você a saber se a gata está prenha. Continue a leitura e veja todas as dicas!

Como saber se a gata tá grávida?

A primeira dica para descartar ou suspeitar de uma gata grávida é saber se ela passou por uma cirurgia de esterilização ou não. Gatas castradas não são capazes de engravidar porque o procedimento retira o útero e/ou os ovários do animal. Sendo assim, o sistema reprodutor não está completo e o pet não pode mais procriar.

Caso a sua gata seja castrada, pode eliminar as chances de uma gravidez. No entanto, se notar qualquer mudança física ou comportamental, leve o pet ao veterinário para a avaliação da saúde.

Será que tem como saber se a gata tá grávida se ela não estiver castrada? A nossa segunda dica é avaliar se o animal tem acesso à rua ou não. Caso a sua gata não saia para dar voltinhas, é muito improvável que ela possa estar prenha. Porém, existe o risco dela ter fugido ou um outro gato entrado na casa. Se você ainda se pergunta “como saber se minha gata tá grávida”, procure um profissional para avaliar.

Caso a sua gata não esteja castrada e tenha acesso à rua, as chances de prenhez indesejada são muito grandesGatos são animais que se reproduzem com velocidade e quando estão no cio podem emprenhar rapidamente.

Por isso, separamos alguns dos sintomas mais comuns da gestação de gato.

Sintomas de gata grávida

No início, a prenhes em gatas é muito difícil de ser identificada. Porém, passadas as duas primeiras duas semanas, a gata passa a dar diversos indícios de que algo não está normal.

Confira os principais sintomas para você saber se a gata está grávida:

  • Mudanças comportamentais
  • Ganho de peso
  • Aumento no volume abdominal
  • Mais apetite
  • Mamilos inchados e vermelhos

As mudanças comportamentais podem variar e muito, mas elas sempre acontecem quando a gata está grávida. Algumas fêmeas ficam mais reclusas, outras se tornam muito carinhosas. Outro hábito comum das gatas prenhas é a procura por um ninho em um lugar seguro da casa. Por isso, você pode perceber que algumas peças de roupas sumiram, bem como alguns brinquedos.

Está desconfiando que a sua gata está grávida? Corra para o veterinário! Apenas um profissional pode avaliar se a gata e os filhotes estão saudáveis.

Minha gata está grávida! O que fazer?

Após passar por uma consulta com o médico veterinário é hora de cuidar da nova mamãe. A gestação da gata dura entre 65 e 70 dias, ou seja, em até 2 meses, você terá filhotes correndo por aí!

Além do acompanhamento veterinário mais intenso, é necessário dar suporte à gata prenha. Faça o necessário para evitar que ela passe por estresse ou tenha contato com doenças, como impossibilitar a saída dela na rua e evitar muitas visitas desconhecidas na casa.

Dar conforto também é fundamental, por isso, se a sua gata ainda não tem uma caminha, é hora de providenciar. Além disso, reforce a alimentação com uma ração Super Premium para filhotes. Deixe que ela se alimente à vontade até o término da amamentação, já que existe um gasto de energia maior do que o normal.

No dia do parto da gata, fique tranquilo que ela saberá o que fazer. É normal que os filhotes demorem algumas horas para nascer. Caso precise de suporte, deixe agendado com o seu veterinário de confiança.

Após o nascimento, continue oferecendo os cuidados à mamãe. Com o seu suporte, ela poderá cuidar dos filhotinhos da melhor forma possível. Aos dois meses de vida dos bebês, a própria mãe estimula o desmame e os filhotes buscam pela ração. Quando o desmame estiver concluído, os pequeninos podem buscar um novo lar!

Fonte: Cobasi