Bichos

Como entender o que seu pet quer?

Pauline
Pauline Machado / Canal de Estimação @paulinemachadooficial
Como entender o que seu pet quer?

26 de outubro de 2021 - 00:33 - Atualizado em 17 de novembro de 2021 - 11:10

Por mais que não consigam conversar com tutores, os animais expressam seus sentimentos através de sinais. O comportamento de cachorro, por exemplo, é muito característico, por mais que às vezes não seja fácil identificar o que o pet deseja.

Os cães têm uma linguagem corporal chamada calming signals, uma maneira universal de mostrar o que sentem. É claro que fatores externos podem influenciar a personalidade do animal, mas, é mais fácil compreender o comportamento do pet através desses sinais.

Por isso, confira um panorama sobre os calming signals. Assim, é possível lidar com o animal da melhor forma, garantindo seu bem-estar, conforto e qualidade de vida em todos os momentos!

Comportamento de cachorro: sinais comuns

A comunicação dos cães é feita de diversas maneiras além do latido. Eles podem abanar o rabo, erguer ou abaixar as orelhas, chorar e gemer… Ficar atento a todo o contexto é muito importante para definir o que o pet quer.

Tutores de primeira viagem precisam ter ainda mais atenção ao comportamento do cachorro, já que ambos ainda estão se conhecendo. Conforme o passar do tempo, fica mais fácil identificar padrões.

De todo modo, identificar os calming signals é uma excelente maneira de compreender o comportamento de cachorro de todas as raças. Veja os mais comuns:

Latir

O cão diz que quer algo quando late de maneira espaçada, como ração ou água. No entanto, o latido acompanhado de rosnado mostra que o cão está em alerta, porque há pessoas ou animais desconhecidos no ambiente. 

Já latidos frequentes e sem rosnado significam que o cão está prestes a atacar.

Orelha para cima

Significa curiosidade ou confusão. Já orelhas para baixo, associadas ao latido, mostram que o cão vai atacar.

Cauda abanando

Sinal de felicidade e alegria com a companhia dos tutores. Quando o rabo está entre as pernas, é sinal que o cão está com medo.

Sentar de costas para o tutor

Nesses casos, o pet está insatisfeito e nervoso com a situação, e dependendo da reação, pode atacar. Contudo, quando o animal senta entre os pés ou no colo do tutor, mostra que ele quer proteção ou está ansioso.

Lamber ou morder o tutor

Cães que lambem seus tutores estão mostrando que nutrem, amor, carinho e confiança por ele. Aquelas mordidinhas leves de vez em quando são formas de chamá-lo para brincar.

Outro comportamento de cachorro comum é quando o pet cutuca o dono com o focinho. Nesses casos, eles querem atenção.

Levantar a pata ou andar devagar

Quando está sob tensão, o cachorro tem o costume de levantar a pata. Ao andar devagar, o pet demonstra que está com medo ou desconfortável.

Cachorro com comportamento estranho: o que fazer?

Comportamentos estranhos são aqueles que não fazem parte da rotina do pet. Portanto, tenha muita atenção aos gestos do seu animal de estimação.

Quando o cachorro lambe as patas com frequência, bebe água a todo instante, fica muito agitado, ou deitado o dia inteiro, por exemplo, significa que algo está errado com a sua saúde, seja física ou mental.

Nesses casos, o melhor é levá-lo ao veterinário o mais rápido possível.

Fonte: Cobasi