Bichos

Cachorro pode tomar leite?

Pauline
Pauline Machado / Canal de Estimação Jornalista e Acadêmica de Medicina Veterinária
Cachorro pode tomar leite?

22 de fevereiro de 2022 - 00:07 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2022 - 18:08

Você sabe se cachorro pode tomar leite? A questão sobre o consumo desse alimento por pessoas adultas é bastante polêmica. Como muita gente sabe, os humanos são os únicos mamíferos que continuam a tomar leite de maneira rotineira após o desmame na infância. 

Mais que isso, passado esse período, o leite consumido diariamente por muita gente provém de outra espécie, especialmente das vacas. O cerne da polêmica gira em torno da dúvida sobre se o leite é um alimento benéfico, prejudicial ou dispensável na nossa dieta. 

De acordo com muitos pesquisadores, o consumo de leite por nós é relativamente recente e teria começado juntamente da domesticação dos animais no pastoreio. 

Nesse processo, nosso organismo teria passado por mudanças evolutivas que o tornaram mais apto a digerir o alimento que, hoje em dia, é considerado uma importante fonte de cálcio para quem não é intolerante à lactose. A seguir, descubra se o cachorro pode tomar leite.

Pode oferecer leite ao cachorro?

De acordo com a Dra. Ana Rita Carvalho, médica-veterinária especialista em gastroenterologia da rede Seres, não é adequado oferecer leite para cachorro após o período de desmame que, em geral, ocorre a partir do primeiro mês de vida do cãozinho e se completa entre seis e oito semanas. 

A razão biológica para isso é que, assim como muitos humanos, com o passar do tempo, o organismo dos cachorros vai deixando de produzir a lactase, enzima necessária para a quebra do açúcar do leite, a lactose. Assim, a digestão do alimento torna-se mais difícil, o que pode provocar gases, cólicas e diarreias.

Segundo a especialista, as reações desagradáveis decorrentes do fato de que dar leite para cachorro têm a ver principalmente com o fato dos pets não estarem acostumados com o alimento, o que pode levar a um quadro de gastrite aguda.

Se você tiver dúvidas sobre se faz mal dar leite para cachorro, ao observar que o pet está com algum desconforto abdominal após a ingestão do alimento, assim como vômito ou diarreia, consulte um veterinário.

Entenda porque o leite não agrega benefícios à dieta canina

Alguns cães não apresentam vômitos, gases, cólicas, diarreia ou nenhuma outra reação adversa ao ingerir leite. Se esse é o caso do seu amigo de quatro patas, saiba que, ainda assim, o consumo do alimento não é recomendado “porque o leite não é um alimento necessário na dieta deles”, alerta a especialista.

Agora que você sabe se pode dar leite para cachorro, é importante ressaltar que, assim como acontece com a gente, o cálcio é um mineral muito importante para o organismo dos cachorros, sendo fundamental para a saúde dos ossos e dos dentes. 

Entretanto, as rações comerciais de qualidade já são formuladas com todos os nutrientes de que os pets necessitam, o que vale para o cálcio. Ao respeitar as indicações relativas à quantidade, feitas pelo fabricante e pelo veterinário, em geral, não é preciso fazer nenhuma suplementação.

A razão para não acrescentar leite na dieta do animal

Ao saber se o cachorro pode tomar leite, você deixa de acrescentar o alimento e os derivados na dieta canina, pois aprende que, além do risco da ingestão desencadear problemas gastrointestinais, pode adicionar muitas calorias desnecessárias à dieta, por conta do produto ser rico em gordura.

Por isso, por mais que seu amigo não tenha problemas com a lactose, não significa que o cachorro pode tomar leite. Evite oferecer esse tipo de alimento com regularidade. Por serem menos calóricos e gordurosos, itens de origem vegetal, como frutas e legumes, são mais indicados como petisco.

Qual leite cachorro filhote pode tomar?

Conforme já dissemos, cães adultos têm dificuldade para digerir o leite devido à queda na produção da lactase. Já para filhotes, o leite materno é a principal fonte nutricional até por volta de oito semanas de vida. Mas atenção: o leite materno é muito diferente da bebida que compramos no mercado!

Em situações normais, a própria cadela encarrega-se do leite para cachorro filhote no início da vida, ao amamentá-lo. Contudo, há situações em que isso não é possível, seja pela ausência da cadela ou por outras razões, como a rejeição aos filhotes. Nesses casos, é preciso que o tutor alimente os recém-nascidos.

Em lojas, como a Petz, é possível encontrar papinhas que substituem o leite materno. Vendidas na forma de um pozinho, que deve ser misturado com água morna, de acordo com as orientações do fabricante, as papinhas para filhote são ricas em todos os nutrientes essenciais para essa fase tão delicada da vida do pet.

Uma vez que o alimento seja preparado, adquirindo a consistência pastosa de papinha, ele deve ser oferecido e consumido imediatamente. Restos de alimento devem ser descartados e nunca aproveitados, para evitar contaminações.