Automobilismo

Hamilton vence disputa frenética no GP da Arábia Saudita e empata com Verstappen

Gazeta
Gazeta Esportiva

5 de dezembro de 2021 - 15:54 - Atualizado em 5 de dezembro de 2021 - 22:00

O britânico Lewis Hamilton venceu incrivelmente o Grande Prêmio de Jeddah, na Arábia Saudita, neste domingo. A 21ª etapa da temporada teve Max Verstappen em segundo e Valtteri Bottas em terceiro.

Após a prova, Verstappen foi punido pelos comissários do GP por desaceleração em frente ao britânico Lewis Hamilton, que acabou chocando na traseira do holandês. O piloto da RBR perdeu 10 segundos de prova e ganhou dois pontos em sua superlicença. Mesmo com a penalização, seu segundo lugar é mantido por 1 segundo a mais que Bottas.

Restando apenas o GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, marcado para o dia 12 deste mês, Max e Lewis agora estão empatados com 369,5 pontos. Em seguida, vem Valtteri Bottas, com 218.

A prova – No início, Hamilton largou bem e manteve a liderança. Verstappen segurou a segunda posição. Na 10ª volta, Mick Schumacher bateu e pediu desculpas pelo erro. Apesar de perder a traseira, o piloto ficou bem.

A bandeira vermelha foi exibida em seguida e a corrida ficou parada enquanto os fiscais trabalhavam para ajeitar a proteção da curva. Na retomada, Lewis perdeu posição e Verstappen assumiu a ponta, mas não teve oportunidade de dar sequência à vantagem, já que a disputa foi interrompida novamente. Perez e Russell sofreram acidentes e houve paralisação.

A FIA considerou Verstappen culpado pelo incidente e o piloto teve que largar em terceiro, atrás de Ocon, que estava em sétimo na primeira parcial, e Hamilton. Na relargada, Max alcançou a liderança e Lewis assegurou a segunda posição.

Depois de mais um acidente no GP, a pista ficou ainda mais suja e Alonso reclamou das quatro voltas com Safety Virtual Car. “Precisam colocar um real. Eles [FIA] dão bandeira vermelha para qualquer coisa e agora deixam a pista desse jeito com a gente andando a 300 km/h”, disse.

Na 35ª volta, Hamilton continuava pressionando para tentar assumir a primeira posição. Ele abriu a asa móvel e quis ultrapassar Max por fora, mas não teve êxito. Na sequência, o britânico tentou novamente, faltando seis voltas, e conseguiu, de forma sensacional, assumir a liderança e vencer a corrida.

Prestes a encerrar, Bottas e Ricciardo vinham duelando. O finlandês conseguiu a ultrapassagem e terminou na terceira posição. Já Vettel abandonou a prova a quatro voltas para o fim.

(Foto: Divulgação/F1)