Animais

Preso à corda, cavalo é arrastado em rodovia do Paraná; veja o vídeo

Autor do crime foi identificado e localizado; na delegacia informou que não tinha a intenção de matar o animal

Aline
Aline Cristina / Repórter
Preso à corda, cavalo é arrastado em rodovia do Paraná; veja o vídeo
(Foto: reprodução redes sociais)

9 de março de 2022 - 11:07 - Atualizado em 9 de março de 2022 - 17:04

Um cavalo foi arrastado pelo condutor de um veículo por vários metros na BR-163, em Capitão Leônidas Marques, no Sudoeste do Paraná. O fato foi registrado na manhã desta quarta-feira (09).

O animal é puxado por uma corda que está amarrada na carroceria da caminhonete. A mulher que filmou a situação, deu sinais de luz e buzinou na tentativa de avisar o que estava acontecendo, mas o motorista não parou. 

“A gente viu a caminhonete andando lentamente, com o cavalo amarrado atrás. Pensamos que ele estava pastando por ali. Só que logo que passamos por eles, vimos que o motorista começou a acelerar e puxar o cavalo. Ele aumentava cada vez mais a velocidade, mas o cavalo não estava acompanhando e foi quando a gente começou a tentar chamar a atenção do motorista. Nós ultrapassamos ele e começamos a gritar ‘o cavalo’, mas ele estava no celular, olhou pra gente e deu um sorriso. Então, reduzimos a velocidade do carro, quase paramos, mas ele simplesmente nos ultrapassou e aí o cavalo já caiu e passou a ser arrastado”,

conta a arquiteta Magda Pereira Tres, que gravou o vídeo.

A testemunha acionou a polícia, que conseguiu identificar e localizar o condutor. A ação conjunta contou com policiais civis e militares do município. O cavalo foi localizado sem vida e com o corpo bastante machucado devido ao atrito com o asfalto.

“ Na delegacia ele admitiu a situação, disse que não teve a intenção de matar o animal. Ele amarrou o animal para ser transportado por um curto espaço, dentro da sua propriedade como habitual, segundo ele, e esqueceu que o cavalo estava amarrado e por isso arrastou o animal por esse trecho da rodovia, razão pela qual o animal acabou morrendo. Ele relatou que não tinha a intenção de matar o cavalo.”

Luís Rogério Sodré – delegado capitão Leônidas Marques

O motorista foi ouvido e responderá em liberdade pelo crime de maus-tratos a animais. Se condenado, ele pode ficar um ano na prisão.

Registrou um flagrante? Mande para o WhatsApp do RIC Mais. Clique aqui e faça o portal com a gente!