Animais

Filhote de cervo que tinha sido atropelado desaparece em Santa Felicidade

Animal estava na fase final da recuperação e fugiu no último domingo (8)

Isadora
Isadora Deip / Estagiária com supervisão de Giselle Ulbrich
Filhote de cervo que tinha sido atropelado desaparece em Santa Felicidade
(Foto: Colaboração/ Elizandra Dallalibera)

12 de maio de 2022 - 22:24 - Atualizado em 12 de maio de 2022 - 22:35

Um filhote de cervo de aproximadamente sete meses desapareceu no bairro Santa Felicidade, em Curitiba, na tarde do último domingo (8). Veterinários de uma clínica da região pedem ajuda para localizar Bambina, como a filhote é chamada.

A enfermeira da clínica, que optou por não se identificar, conta à equipe do RIC Mais que o animal foi atropelado em novembro de 2021 e, antes de desaparecer, estava em fase final de recuperação.

Como Bambina necessitava de cuidados mais intensivos, a veterinária Dra. Elizandra Dallalibera, que também atua na clínica, levou o animal para a casa dela. A filhote cervo tinha acesso a todas as áreas da residência e inclusive ganhou um quarto só para ela, forrado com tapetes PVC para poder andar sem escorregar. Bambina ainda fez amizade com dois cães da casa.

“Ela adotou os cães como se fossem, acredito, mães dela. [Bambina] foi sempre muito bem cuidada, adorava comer fruta. Era uma criaturinha muito perspicaz, bem engraçada”,

relata a enfermeira.

No entanto, a rua em que Elizandra mora estava bastante movimentada no domingo (08), com barulhos de gritos de criança, algo que, segundo a veterinária, é incomum na região. Ao perceber que Bambina estava nervosa, Elizandra tentou fazer o manejo do animal para acalmá-la, mas a filhote pulou um muro de mais de dois metros e fugiu.

Logo após o desaparecimento, a veterinária acionou seus familiares e amigos, que começaram a fazer buscas em áreas próximas à rua da casa dela. Uma mulher chegou a acionar a Polícia Ambiental para avisar que tinha visto Bambina em uma moita atrás de sua casa, mas ela não explicou exatamente onde morava.

Na terça-feira (10), após a veterinária e a enfermeira divulgarem o desaparecimento nas redes sociais, a mulher entrou em contato com Elizandra e informou o local onde tinha visto Bambina.

“[Bambina] deixou alguns sinais de sangue no local onde estava deitada. Alguns adolescentes tentaram pegá-la e, ao invés de ligar para algum veterinário, eles tentaram jogar uma caixa em cima dela. Quando jogaram a caixa, ela pulou pro meio do mato entre a Avenida Fredolin Wolf e a Rua Francisco Dallalibera”,

explica a enfermeira.
Provável rota feita por Bambina desde que fugiu da casa de Elizandra até a floricultura. (Foto: Colaboração/Elizandra Dallalibera)

Buscas

De acordo com a enfermeira, as buscas por Bambina se concentram entre as ruas Francisco Dallalibera e a Avenida Fredolin Wolf. Foram contratados dois peões e um homem indígena para procurarem Bambina na região da mata, sem sucesso, por enquanto.

“O importante é que ele [o homem indígena] nos disse que não encontrou corpinho nenhum, entã ela não está em óbito. Provavelmente está caminhando dentro dessa mata, ou há a probabilidade de que alguém tenha pego e não tenha reportado a nenhum órgão público”,

afirma Elizandra.

Sobre Bambina

A filhote cervo foi resgatada em 8 de novembro de 2021, após ser atropelada no bairro Pilarzinho, também em Curitiba. Segundo a enfermeira da clínica, a mãe de Bambina teria sido morta a tiros.

Uma mulher recolheu o animal e procurou consultórios veterinários que estivessem abertos no dia, encontrando a clínica em Santa Felicidade. No local, Bambina recebeu os primeiros socorros. Segundo a enfermeira: “A Dra. Elizandra entrou bem rápido com os procedimentos: oxigenoterapia, analgesia, antibióticos… Conseguimos deixar ela estável. Sinceramente a gente não achou que ela fosse passar a noite […]”.

A enfermeira e a veterinária tentaram contato com órgãos de competência animal, que orientaram que elas continuassem com o animal no momento, já que tinham o suporte necessário.

Serviço – Informações de Bambina

Quem tiver qualquer informação sobre a localização de Bambina, pode acionar imediatamente o consultório veterinário pelo telefone (41) 98410-7811, em qualquer horário. A orientação da clínica é que a pessoa deve continuar seguindo a filhote e, caso ela esteja machucada ou deitada, tentar laçá-la com calma. O ideal é não tentar pegá-la no colo e apenas cercar o animal se mais pessoas estiverem presentes.

O consultório destaca, também, que falta mão de obra para ajudar nas buscas.

Bambina estava com uma coleira de identificação quando fugiu.

Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!