Agronegócio

UE reduz previsão de colheita e estoques de trigo 2021/22; vê altas anuais

Reuters
Reuters

24 de junho de 2021 - 17:54 - Atualizado em 24 de junho de 2021 - 17:55

Por Gus Trompiz

PARIS (Reuters) – A Comissão Europeia reduziu nesta quinta-feira sua estimativa de produção de trigo comum dos 27 países membros da União Europeia em 2021/22, para 125,8 milhões de toneladas, dos 126,2 milhões estimados no mês passado.

Apesar do recuo, a previsão ainda fica 7% acima da safra anterior de 117,2 milhões de toneladas, segundo relatório mensal de oferta e demanda da Comissão.

A União Europeia espera produzir mais trigo este ano, com agricultores expandindo a área de plantio após chuvas paralisarem as semeaduras da temporada anterior, e o clima de fim da primavera ajudando o crescimento da colheita.

A Comissão manteve inalterada a previsão para os resultados de exportação da UE de trigo comum, ou trigo soft, em 2021/22 a 30,0 milhões de toneladas. Isso comparado com a expectativa de 27,0 milhões de toneladas na temporada de 2020/21, que termina no dia 30 de junho.

Entretanto, outros fatores de demanda foram revisados, com projetos do uso de trigo em biocombustível e alimentação animal aumentando o consumo em 300 mil toneladas cada, para 3,4 milhões e 41,3 milhões de toneladas, respectivamente.

A perspectiva de colheita reduzida e os ajustes de demanda para cima compensaram um aumento de 200.000 toneladas nas importações esperadas, agora vistas em 2,7 milhões de toneladas, e levaram a Comissão a reduzir a previsão de estoques de trigo soft 2021/22 para 10,1 milhões de toneladas, ante 10,8 milhões em maio.

Os estoques projetados para a próxima temporada ainda estão em forte alta em relação aos 8,8 milhões de toneladas esperados no final de 2020/21.

(Por Gus Trompiz)