Agronegócio

Trigo atinge máxima de diversos anos em Chicago e impulsiona milho; soja cai

Reuters
Reuters
Trigo atinge máxima de diversos anos em Chicago e impulsiona milho; soja cai
Produção de milho em fazenda localizada em Tiskilwa, Illinois (EUA)

28 de outubro de 2021 - 17:35 - Atualizado em 28 de outubro de 2021 - 17:40

Por Mark Weinraub

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros do trigo dos Estados Unidos subiram para máximas de vários anos nesta quinta-feira, com ganhos alimentados por preocupações com a oferta global restrita e forte demanda de exportação.

Os futuros do trigo de inverno foram apoiados pelas preocupações sobre as condições da safra e o clima chuvoso no leste do Meio-Oeste dos EUA, que podem ter impedido os agricultores de semear a área planejada.

O contrato mais ativo do trigo soft vermelho de inverno atingiu sua máxima desde fevereiro de 2013, enquanto o trigo de inverno vermelho duro do Kansas atingiu seu pico desde maio de 2014.

“Admito que ainda está no início do ano, mas há muito trigo que não está muito bom”, disse Mark Schultz, analista-chefe da Northstar Commodity.

Os ganhos no trigo apoiaram os futuros do milho, que alcançou seu terceiro dia consecutivo de ganhos. O contrato mais ativo tocou sua máxima desde 17 de agosto.

A soja caiu, pressionada pela fraqueza nos futuros do petróleo e nas vendas de exportação decepcionantes. [O/R]

Na bolsa de Chicago, o trigo soft vermelho de inverno para dezembro fechou em alta de 12,75 centavos de dólar em 7,7250 dólares o bushel.

A soja para janeiro caiu 3,75 centavos de dólar em 12,46 dólares o bushel e o milho para dezembro subiu 5,50 centavos de dólar em 5,6275 dólares o bushel.

(Reportagem de Reportagem adicional de Gus Trompiz em Paris e Colin Packham em Camberra)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9R19J-BASEIMAGE