Agronegócio

Soja avança com exportações dos EUA, mas fecha a semana em queda em Chicago

Reuters
Reuters
Soja avança com exportações dos EUA, mas fecha a semana em queda em Chicago
Milho importado do Brasil em armazém no porto de Tuxpan, México

6 de agosto de 2021 - 18:01 - Atualizado em 6 de agosto de 2021 - 18:05

Por Christopher Walljasper

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros da soja negociados em Chicago nesta sexta-feira avançaram, após um segundo dia negócios de exportações impulsionarem perspectivas de demanda, apesar de novas previsões de chuva no Meio-Oeste dos Estados Unidos durante o final de semana limitarem os ganhos.

O milho obteve pouca alteração enquanto o trigo avançou com os retrocessos na América do Norte, Rússia e Europa Ocidental aumentando preocupações sobre aperto das ofertas para vendas externas.

A atenção no mercado de grãos mudou em direção à previsão mensal de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) da próxima semana.

O contrato mais ativo da soja avançou 8,25 centavos de dólar, para 13,3675 dólares por bushel, apesar de ter perdido 12,50 centavos para a semana.

O milho avançou 3,50 centavos de dólar, para 5,5650 dólares, adicionando um total de 11,25 centavos de dólar, um ganho de 2,06% para a semana.

O Trigo avançou 6,25 centavos de dólar, para 7,19 dólares por bushel, firmando um total de 15,25 centavos de dólar para a semana, um ganho de 2,17%.

“Embora seja bom ver algumas vendas fluindo, estamos bem fora do ritmo de que precisamos”, disse Ted Seifried, vice-presidente do Zaner Group. “Se a demanda não estiver lá, realmente não importa se esta safra vem à tona”.

(Por Christopher Walljasper)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7518M-BASEIMAGE