Agronegócio

Show Rural deve passar por ampliação em próximas edições, afirma presidente da Coopavel

Com a pandemia, o evento teve uma diminuição no número de expositores nesta edição

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária com supervisão de Caroline Berticelli
Show Rural deve passar por ampliação em próximas edições, afirma presidente da Coopavel
(Foto: Reprodução/RICtv)

7 de fevereiro de 2022 - 15:13 - Atualizado em 7 de fevereiro de 2022 - 15:14

A 34ª edição do Show Rural começou nesta segunda-feira (7) de forma presencial, depois de dois anos em formato digital, em Cascavel, no oeste do Paraná. A feira realizada no Parque Tecnológico da cidade é organizada pela Coopavel (Cooperativa Agroindustrial de Cascavel) e conta com expositores que mostram ao público a tecnologia na agricultura e pecuária. 

Em entrevista à RICtv, o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, falou sobre a realização de um dos maiores eventos do agronegócio do mundo. 

“É uma alegria muito grande, porque essa é a 34ª edição, já temos certa experiência nisso, mas nunca fizemos um evento durante uma pandemia, nunca fizemos um evento em que nós tivéssemos que seguir um protocolo. Tem também a expectativa das pessoas que estão vindo para o evento, mas ainda assim, com todas as incertezas, conseguimos superar todas as expectativas”, 

afirma o presidente. 

Além disso, Dilvo Grolli falou sobre a importância da feira para os produtores rurais

“O produtor rural está demonstrando uma alegria muito grande em poder retornar aos contatos e poder ter contato com as tecnologias, porque é essa tecnologia que vai continuar a competitividade na sua lavoura e pro país também, já que somos um grande exportador de carne, um grande produtor de grãos”, 

explica o responsável pela Coopavel. 

De acordo com o presidente da cooperativa, a proposta para o Show Rural de 2023 é voltar a expandir a feira, que acabou sofrendo cortes de expositores com a pandemia. Neste ano, ao todo, são 400 empresas dispostas pelo Parque Tecnológico

“Nós temos um espaço limitado, no último evento em 2020, foram 650 empresas, já nesse ano passamos para 400. A intenção de 2023 é voltar naquele número de empresas, redesenhar os espaços aqui, não perder o foco que é tecnologias e inovações, atraindo cada dia mais o produtor rural”, 

finaliza Dilvo Grolli.
Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!