Agronegócio

Líder absoluta: Pela 9ª vez, Toledo é destaque no agronegócio do Paraná

A cidade ocupa a primeira colocação do VBP (Valor Bruto da Produção Agropecuária) com mais R$ 4 bi

Aline
Aline Cristina / Repórter com RICtv
Líder absoluta: Pela 9ª vez, Toledo é destaque no agronegócio do Paraná
(Foto: arquivo RICtv)

2 de julho de 2022 - 10:32 - Atualizado em 2 de julho de 2022 - 10:32

Toledo, no Oeste do Paraná, continua com o título de capital do agronegócio pelo nono ano consecutivo. A cidade ocupa a primeira colocação do VBP (Valor Bruto da Produção Agropecuária) com mais R$ 4 bi, a marca supera em 25% o último levantamento. 

Completam o pódio a cidade de Castro, na região de Campos Gerais, com quase 3,5 bi em arrecadação e Cascavel, no Oeste do Paraná, na terceira colocação com 3,2 bi.

Todo o VBP de Toledo, aproximadamente 2, 3 bi vem da produção de suínos e aves de corte, em sua maioria exportada através das cooperativas. Das lavouras, o maior valor produzido é de soja, com quase 610 milhões de reais.

O bom resultado deste ano, não esconde a preocupação com o ano que vem. Os custos de produção continuam altos e há ainda a preocupação com insumos importados, especialmente fertilizantes da Rússia que está em guerra com a Ucrânia.

Paraná

O valor da produção de alimentos no Paraná bateu todos os recordes no ano passado. Foi o melhor resultado da história.

O valor bruto de toda a produção agropecuária do Paraná ultrapassou os R$ 180 bi em 2021, mesmo com todas as dificuldades da estiagem e aumento nos custos de produção.

O agricultor nunca pode parar, se o agricultor para é uma engrenagem que para tudo.

Nelson Gafuri – presidente sindicato rural de Toledo

Top 10 em números

O levantamento de VBP é realizado pelo Departamento de Economia Rural (Deral) da Seab desde 1997 e, desde então, Toledo ficou em primeiro lugar no âmbito estadual em 23 oportunidades, sendo desbancada por Castro somente em 2009 e 2012. O município dos Campos Gerais aparece na segunda posição deste ranking, com Valor Bruto de Produção Agropecuária de R$ 3.465.606.548,68 (R$ 905.637.443,21 a menos que a Capital Paranaense do Agronegócio). O pódio é completado por Cascavel (R$ 3.207.411.717,00).

Outros três municípios da área de abrangência do escritório local da Seab estão entre os dez maiores VBP do Paraná: Santa Helena (5º, R$ 2.056.032.689,92), Marechal Cândido Rondon (6º, R$ 1.982.696.845,16) e Assis Chateaubriand (7º, R$ 1.950.460.545,09). Guarapuava (4º, R$ 2.278.277.978,61), Tibagi (8º, R$ 1.903.905.779,44), Dois Vizinhos (9º, R$ 1.864.304.884,93) e Carambeí (10º, R$ 1.815.642.452,05) fecham o “Top 10” que responde por quase 14% do VBP do Paraná, que chegou à marca de R$ 180,4 bilhões. 

Policial, serviços, política, saúde, economia… Tem isso e tudo o que acontece no Paraná no RIC Mais. Clique aqui e mande sua sugestão de pauta.