Agronegócio

Ipea reduz previsão de PIB agropecuário do Brasil em 2021

Reuters
Reuters
Ipea reduz previsão de PIB agropecuário do Brasil em 2021
Lavoura de milho

23 de setembro de 2021 - 11:52 - Atualizado em 23 de setembro de 2021 - 11:55

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O PIB do setor agropecuário do Brasil em 2021 deve crescer 1,2% segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que revisou para baixo a estimativa anterior de 1,7%, refletindo reduções na produção de milho e cenário menos favorável para o leite.

“O valor adicionado da produção vegetal em 2021 também foi revisto para baixo: de 1,7% para 1,2%, devido à revisão para a estimativa de produção do milho, que deve apresentar queda de 15,5%”, informou o Ipea nesta quinta feira.

Cana-de-açúcar (-3,7%) e café (-21,1%), afetados por questões climáticas, também limitaram a projeção de 2021.

Apesar de menor, o resultado positivo de 2021 será sustentado pelas significativas altas nas produções de soja (+10,1%), arroz (+4,3%) e trigo (+32,9%).

A produção animal também foi revista de 1,8% para 1,2% este ano, mesmo com avanço na produção de aves (+6,8%), suínos (+8,7%) e ovos (+1,4%).

Dois produtos com maior participação no valor adicionado têm perspectiva negativas para 2021: bovinos (-0,9%) e leite (-0,4%).

Para 2022, a estimativa foi ligeiramente revisada de 3,3% para 3,4% no valor adicionado do setor agropecuário, com crescimento de 2,2% na produção animal e 3,9% na produção vegetal.

“Há perspectiva positiva por conta de expectativas de crescimento nas culturas de soja e milho; de recuperação do crescimento da produção de bovinos (após dois anos consecutivos de queda) e de nova alta estimada para a produção de suínos”, destacou o Ipea.

O instituto aponta que para 2022 ainda há incertezas sobre o ciclo climático e seus efeitos na safra, sua intensidade e sobre a produção vegetal. Por outro lado, o cenário é de normalização da oferta de bovinos em 2022.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH8M0KY-BASEIMAGE