Agronegócio

Gripe aviária na China deve impulsionar preço local e gera risco para produção

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

3 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 3 de fevereiro de 2020 - 00:00

Pequim, 3 – A confirmação de um caso de gripe aviária H5N1 na província chinesa de Hunan, no último sábado, pode elevar ainda mais os preços da proteína no país. Desde o ano passado, a China passa pelo surto de peste suína africana (PSA) que reduziu em pelo menos 40% o rebanho de suínos, no entanto, parte deste déficit de carne foi compensado pelo aumento na produção de frango.

Agora, o surto da gripe aviária gera um risco para a produção da ave também.

De acordo com os dados mais recentes, referentes a 23 de janeiro, o quilo do frango estava sendo negociado a 18,59 yuans (US$ 2,69). Fonte: Dow Jones Newswires.