Agronegócio

Copersucar avalia que produtividade dos canaviais do Brasil pode dobrar com pesquisas

Reuters
Reuters
Copersucar avalia que produtividade dos canaviais do Brasil pode dobrar com pesquisas
Colheita de cana-de-açúcar em Sertãozinho (SP)

25 de outubro de 2021 - 12:23 - Atualizado em 25 de outubro de 2021 - 12:25

SÃO PAULO (Reuters) – Com investimentos em pesquisas, o Brasil poderia dobrar a produtividade de seu canavial em um período de 15 a 20 anos, e o país está nesta direção, disse nesta segunda-feira Luis Roberto Pogetti, presidente do Conselho de Administração da Copersucar, da Alvean e do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC).

Em palestra na Conferência Internacional Datagro sobre Açúcar e Etanol, Pogetti disse que o setor precisa investir em ganhos de produtividade para atender a grande demanda global por alimentos e combustíveis renováveis.

E acrescentou que o segmento está fazendo isso, citando pesquisas do CTC, nas áreas de biotecnologia e em melhorias no manejo das lavouras de cana-de-açúcar.

“O Brasil poderia dobrar a sua produtividade, poderíamos produzir o dobro na mesma área”, disse ele.

Para a crescente demanda global por alimentos e combustíveis ser atendida, ele defendeu também que os mercados devem ser abertos e livres, para quem tem disponibilidade de recursos, como água e terras –caso do Brasil–, possa abastecer o mundo.

“Protecionismo não se encaixa nesta equação”, disse ele, lamentando que esta tese venha ganhando espaço em um mundo que vinha caminhando para ser mais globalizado anteriormente.

(Por Roberto Samora)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9O0PW-BASEIMAGE