Fechar

Merisio não coloca admissibilidade da MP dos ACTs em pauta

Por Roberto Azevedo | 31 de março de 2015 Política  Sem comentários

A votação da admissibilidade da Medida Provisória 198 não entrou na pauta do plenário da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira. Com as galerias lotadas, o presidente Gelson Merisio (PSD) afirmou que a matéria não iria ser analisada para dar mais tempo para o governo e o Sinte debaterem o assunto.

Os professores usaram apitos e reclamaram, mas ficaram sem a confirmação sobre o futuro da MP, que não deve ser analisada na sessão desta quarta, último dia de trabalhos do Legislativo, nesta semana, em função do ponto facultativo da Semana Santa. A MP foi barrada pela Comissão de Constituição e Justiça, na manhã desta terça pela maioria dos parlamentares, que seguiram o voto do presidente Mauro De Nadal (PMDB), relator da matéria e que baseou sua decisão na falta de um pressuposto de urgência da medida. Teria sido uma resposta da base aliada, principalmente o PMDB, por conta da maneira de como a nova forma de contratação de professores em caráter temporário tramitou.

A líder do PT, deputada Luciane Carminatti, fez um apelo para que o governo retire a MP 198, um dos principais itens da pauta de reivindicação da greve dos professores, que tem baixa adesão depois de uma semana.

CCJ derruba MP que modifica contratação de ACTs

Por Roberto Azevedo | 31 de março de 2015 Política  Sem comentários

O líder do governo Silvio Dreveck (PP) chegou a pedir vista, teve a manobra enquadrada no regimento interno e não impediu a que a maioria dos deputados da Comissão de Constituição e Justiça votasse pela derrubada da Medida Provisória 198, que modifica a contratação de professores em caráter temporário (ACTs). A matéria será, agora, apreciada pelo plenário da Assembleia. Com o voto pela inadmissibilidade do relator da MP, o também presidente da CCJ, deputado Mauro De Nadal (PMDB), a maioria não aceitou a proposta do governo, nesta terça-feira pela manhã. Dreveck se absteve. Antes de ler o voto, De Nadal, um integrante da base de apoio de Raimundo Colombo (PSD), comunicou sua decisão a Dreveck (PP) e aos demais membros da comissão.

O parlamentar considerou que a MP não apresenta os pressupostos de urgência argumentados pelo governo do Estado. A decisão não deixa de ser uma vitória dos professores estaduais que colocaram a retirada da MP como um dos pontos para por fim à greve, que já dura uma semana, mas tem pouca adesão em todo o Estado. Os deputados também se diziam em posição desconfortável diante do magistério e culpam o Centro Administrativo pela maneira como a proposta foi enviada ao Legislativo.

Se a MP 198 não passar pelo plenário da casa, o que se considera agora é a possibilidade da retomada do debate sobre a nova carreira do Magistério Público Estadual, entre o secretário da Educação Eduardo Deschamps e o Sinte, que representa a categoria. Ao saberem da votação, que pegou todos de surpresa, alguns professores começaram um apitaço no hall da Assembleia. Deschamps afirmou, ainda durante o processo de votação da CCJ, que com o a finalização do projeto de Nova Carreira do Magistério pela pasta, a MP dos ACTs tornou-se desnecessária, já que o assunto e a equivalência do salário do professor em caráter temporário com o profissional efetivo em início de carreira estão contemplados no projeto de lei que irá para o parlamento. Ele estava em contato com o secretário Nelson Serpa (Casa Civil) e não descartava a possibilidade de o governo retirar a Medida Provisória da Assembleia.

[caption id="attachment_4414" align="alignnone" width="630"] Os deputados que derrubaram a MP dos ACTs, durante a sessão da CCJ, nesta terça-feira. DIVULGAÇÃO[/caption]

Por que os que gravitam Dilma Rousseff e Raimundo Colombo não querem o PMDB por perto

Por Roberto Azevedo | 30 de março de 2015 Política  Sem comentários

Os destaques da coluna no Noticias do Dia desta segunda (30mar2015):

Por que os que gravitam Dilma Rousseff e Raimundo Colombo não querem o PMDB por perto, e o nome para ocupar a Secretaria de Administração em debate. m.ndonline.com.br/florianopolis/colunas/robertoazevedo/245097-o-calo-de-dilma-e-colombo.html

Kassab, entre o novo PL e questões paroquiais em Santa Catarina

Por Roberto Azevedo | 28 de março de 2015 Política  Sem comentários

Os destaques da coluna de sábado e domingo (28 e 29mar2015):

Kassab, entre o novo PL e questões paroquiais em Santa Catarina, e o líder do governo não aceita pressões sobre projetos antes da hora do debate. m.ndonline.com.br/florianopolis/colunas/robertoazevedo/244786-kassab-e-um-projeto-para-o-estado.html

Estado conhecia os problemas do Presídio de Blumenau

Por Roberto Azevedo | 27 de março de 2015 Política  Sem comentários

Os destaques da coluna no Noticias do Dia nesta sexta (27mar2015):

Estado conhecia os problemas do Presídio de Blumenau, e a péssima moda de não revelar a autoria dos pedidos em Brasília. m.ndonline.com.br/florianopolis/colunas/robertoazevedo/244452-a-reacao-do-estado.html

Esclarecimentos aos deputados sobre nova carreira do magistério viram prioridade para o governo

Por Roberto Azevedo | 25 de março de 2015 Política  Um comentário

Os destaques da coluna no Notícias do Dia desta quarta (25mar2015):

Esclarecimentos aos deputados sobre projeto da nova carreira do maigistério viram prioridade para o governo, e setor produtivo aplaude Renan Calheiros, em Brasília. ndonline.com.br/florianopolis/colunas/robertoazevedo/243878-o-lado-politico-da-greve-dos-professores.html

Depois da greve decretada, Deschamps reúne-se com deputados

Por Roberto Azevedo | 24 de março de 2015 Política  Sem comentários

O secretário estadual da Educação, Eduardo Deschamps, reuniu-se com deputados estaduais no final da tarde desta terça-feira para iniciar o que chama de processo de esclarecimentos sobre as medidas contidas na proposta de nova carreira do magistério. A reunião aconteceu após os professores, reunidos em assembleia no CentroSul, na Capital, decidirem entrar em greve e fazerem, na sequência, uma caminhada pelo Centro de Florianópolis. A aproximação foi pedida pela deputada Luciane Carminatti, líder do PT, e pelo deputado Valdir Cobalchini (PMDB), presidente da Comissão de Educação, ao deputado Mauro De Nadal (PMDB), presidente da CCJ,

Aos deputados De Nadal, Cobalchini, e Luciane, e mais Ricardo Guidi (líder do PPS), Narcizo Parisotto (líder do DEM) e João Amin (PP), Deschamps disse que, assim que os ajustes e ações estiverem definidos, voltará a conversar com os parlamentares, mas acrescentou que o governo mantém a decisão de não conversar com os representantes do Sinte enquanto a greve persistir. Um dos pontos acentuados por Deschamps foi a lógica de equivalência dos vencimentos dos ACTs com os professores no início de carreira, além do ponto alto que é a descompactação da tabela salarial, que valoriza os profissionais com mais tempo de carreira e maior formação (pós-graduação, mestrado e doutorado).

Vignatti chama ida para o PSB de especualação sem cabimento

Por Roberto Azevedo | 23 de março de 2015 Política  Sem comentários

Os destaques da coluna no Notícias do Dia desta segunda (23mar2015):

Vignatti chama ida para o PSB de especualação sem cabimento, e o PSD catarinense perdeu o espaço na propagada político-partidária da TV. ndonline.com.br/florianopolis/colunas/robertoazevedo/243327-fumaca-para-os-lados-do-pt.html

[caption id="attachment_4391" align="alignnone" width="630"] Florianópolis, aos 289 anos, bonita até com o tempo nublado. Parabéns! ROBERTO AZEVEDO[/caption]

Filiar gente com potencial de votos, desafio dos partidos

Por Roberto Azevedo | 21 de março de 2015 Política  Sem comentários

Os destaques da coluna do Noticias do Dia sábado e domingo (21 e 22mar2015):

Acabar com a mesmice nos diretórios municipais e filiar gente com potencial, desafio dos partidos para 2016, e Parisotto solta o verbo sobre Colombo. m.ndonline.com.br/florianopolis/colunas/robertoazevedo/243021-hora-de-arrumar-a-casa.html

Quando os aliados começaram a pedir respostas da administração Colombo

Por Roberto Azevedo | 20 de março de 2015 Política  Sem comentários

Os destaques da coluna no Noticias do Dia desta sexta (20mar2015):

Quando os aliados começaram a pedir respostas da administração Colombo, e a curiosa proposta do PMDB sobre os cargos federais. m.ndonline.com.br/florianopolis/colunas/robertoazevedo/242679-hora-de-cobrancas-para-colombo.html